sexta-feira, 19 de agosto de 2011

UMA MERA VOLTITA SERRANA - NO PAIN, NO GAIN!


Cacela Velha - Serra - Cacela Velha
17 de Agosto de 2011
50 kms.
1350 m de acumulado

Era para assim ser - uma mera voltita serrana.

Combinei com o Nuno Santos uma pequena volta de 50 kms. (se lerem alguns dos post anteriores sabem que, abaixo de 100, é um mero passeio).

Tratava-se de abordar a serra algarvia na zona de fronteira dos concelhos de Tavira e Castro Marim.

Aquilo que, à partida, seria apenas uma voltita serrana acabou por se tornar numa incursão épica. O calor, a aridez e o relevo implacáveis da serra algarvia encarregaram-se de conjurar nesse sentido. O meu litro e meio de água fresca pacientemente transportado às costas subida acima e que, em condições normais, chega e sobra esgotou-se em menos de nada e foi o cabo dos trabalhos para pedalar subidas desumanas debaixo de temperaturas inclementes com a boca seca. Valeram dois anjos da guarda numa aldeia perdida que nos dessedentaram. Acabei mesmo a puxar uma corda num furo artesiano que transportou até à superfície uma água fresquíssima que pôs fim às privações.

A vingança serviu-se sob a forma de umas magníficas ostras no final em Cacela Velha por nós bem mais valorizadas após esta odisseia serrana - no pain, no gain!

1 comentário:

Trindade disse...

Pois é, agora não dá, nós por aqui andamos de bicicleta todo o ano menos por estes dias. Há um mês que não dou as minhas voltinhas, e até estou acostumado ao calor. Pior que o calor que vem de cima é o que vem da secura deste pedregoso chão serrano.
Boas férias